Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

Vida1

A vida é uma correria e depois morre-se.

Não é uma frase muito bonita, contudo é verdade. Passamos a nossa vida a "correr" para alcançarmos os nossos objetivos deixando muitas vezes de fazer o que realmente gostamos por "falta de tempo". Sei que a vida é assim, mas gostaria tanto de puder mudar este simples facto porque 90% das vezes estamos demasiado embrenhados nos nossos pensamentos e nos nossos "afazeres" para nos dedicarmos ao que realmente é importante: a nossa família, os nossos amigos e as coisas que nos dão prazer fazer. Pelo menos, comigo é assim. Escrever um texto sobre alguma coisa? Só nas aulas e testes de português. Deveria mudar? Claro que sim. É fácil? Não! Em primeiro lugar porque tenho imensa dificuldade em encontrar sobre que escrever e em segundo lugar porque não me sinto bem a escrever baboseiras só por escrever (sim, provavelmente este texto é também ele uma baboseira que não vai acrescentar nada de novo á vida de quem o está a ler, mas é o que me vai na alma e tive uma imensa necessidade de escrever, por isso compreendo se não acabarem de o ler até ao fim). Quantas desculpas consigo dar para não escrever? Muitas. Quantas delas são apenas maneiras de me justificar para não me sentir culpada? A maior parte das vezes: TODAS!. 

Para quem dorme em média 8 horas por dia (como eu), desde que nos levantamos até nos deitarmos passam 16 horas, a maior parte das quais passamos preocupados, cheios de stress ou a fazer algo que não gostamos simplesmente por que tem que ser. E quantas dessas horas passamos a fazer alguma coisa que realmente gostamos? Provavelmente se passarmos uma já é algo de extraordinário. 

Quantas vezes tentamos mudar? Provavelmente muitas. Quantas vezes mantemos a nossa mudança por longos períodos de tempo? A maior parte das vezes: nenhuma! Mas continuamos a tentar (pelo menos eu tento) e não é fácil simplesmente porque é demasiado fácil sermos assoberbados por tudo o que nos rodeia. É impossível? Na minha opinião não, basta continuar a tentar e eventualmente conseguiremos mudar. E para que queremos mudar? Para a vida não ser apenas uma correria, mas algo digno de ter um fim. Pois como se diz: tudo o que é bom, eventualmente acaba.

 

Até á próxima! (que espero que seja realmente próxima)

sinto-me: inspirada (finalmente!)
tags:
publicado por Rosa Negra às 20:10
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Vida1

.arquivos

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Saga Joana & Zac

.Mensagens

badge

.Contador de Visitas