Domingo, 28 de Agosto de 2011

Expectativas

Ao longo da nossa vida fomos criando expectativas para tudo e mais alguma coisa. Estas expectativas vão-se traduzindo, ao longo do tempo, em desilusões (na maior parte dos casos) porque a realidade nunca "chega aos calcanhares" dos nossos sonhos.  

Portanto: passar o tempo todo (ou quase todo) a imaginar como vai ser o dia de amanhã não nos leva a lado nenhum porque nada acontece exactamente como planeámos. A única coisa que conseguimos é passar o tempo a imaginar como será e acabamos por ficar frustradas (os) porque nada acontece como queremos (falo por experiência própria).

Assim, vou tentar não pensar demasiado no que está para vir.

Vamos ver como me saio.

 

Até ao próximo post!

publicado por Rosa Negra às 21:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Inspiração

Quando queremos um momento de inspiração ele nunca vem, nunca conseguimos escrever (no meu caso é escrever mas também poderia ser pintar outra coisa qualquer) alguma coisa que tenha significado, que nos faça sentir bem por termos escrito aquilo. Irrita-me profundamente quando me acontece querer escrever e não conseguir e depois passado algum tempo quando não tenho nem papel nem caneta á mão, o que é uma porcaria porque depois não posso anotar e esqueço-me.

 

Conclusão: esse momento de inspiração não serviu para nada porque quando finalmente tenho um pedaço de papel e uma caneta na mão a inspiração já vai longe o que se traduz em poucos posts aqui no blog...

 

Saudações,

 

sinto-me:
publicado por Rosa Negra às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 19 de Agosto de 2011

Desilusão

Desculpa se te vi e não disse nada. Desculpa ter-te ignorado, mas a maneira como olhas-te para mim e depois para o teu amigo não me caiu bem. 

Desculpa se espero mais de ti do que podes dar.

Desculpa se estou apenas a fazer uma grande tempestade num copo de água, mas não gostei do que me disses-te no outro dia. 

O que disses-te simplesmente demonstra que não me conheces bem, porque se conhecesses sabias que só não faço melhor porque não consigo. Se me conhecesses sabias que me esforço sempre e que tento fazer o melhor que posso.

E por fim, sei que não vais ler isto, mas ao menos tiro um peso de cima. Sei que não agi bem, mas não estava pronta para te encarar outra vez.

publicado por Rosa Negra às 20:59
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Seguir em frente

Quando alguém nos desilude é difícil voltar a olhar para essa pessoa da mesma maneira. Pelo menos, para mim é. 

Sempre tentei olhar para as pessoas e ver quem elas são por dentro e não por fora, sempre tentei ver as atitudes delas, ver como elas são para as outras pessoas e com base nas minhas observações criar uma opinião sobre elas, sem me deixar influenciar pelo que os outros pensam delas. Acho que tem resultado. Quando todos me diziam que a rapariga era uma chata eu dei-lhe uma oportunidade, e sabem uma coisa? Passei com ela bons momentos!

Claro que as coisas nem sempre correram como eu esperava, e pessoas de quem eu gostava (e ainda gosto) me desiludiram, mas a vida continua e as desilusões que sofremos só nos ajudam a melhorar a nossa personalidade e a perceber melhor as pessoas que nos rodeiam e quem elas são na realidade.

Portanto, se estão triste porque alguém vos desiludiu, ponham essa pessoa para trás das costas (não literalmente) e sigam em frente!  

 

Até á próxima

publicado por Rosa Negra às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 5 de Agosto de 2011

Recordações 2

 Às antigas músicas que tinha no meu mp3 (ler post anterior)  juntei algumas que oiço actualmente. Assim passei a ter um mp3 cujas músicas me levam tanto ao passado como ao presente. E devo dizer-vos: é uma sensação maravilhosa reviver aqueles momentos em que ouvia aquela música e passar depois a reviver o dia de hoje. É um misto de saudade do passado e orgulho no presente. É suposto ser assim, certo? Termos alguma vergonha do passado mas sabermos que foi esse passado que nos trouxe ao presente, às realidades que enfrentamos hoje. E são estas mesmas realidades que nos vão levar ao futuro.

Esta mistura de passado e presente permitiu-me repensar melhor sobre os acontecimentos do passado  e transformar a energia do arrependimento, da tristeza, da agonia (etc)  em força que me permite seguir em frente, sem medo do que está para trás.

Não será essa uma boa atitude?

 

E pronto aqui está mais um post

 

Beijos

publicado por Rosa Negra às 22:30
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. 2 anos

. Vida1

. Projeto de fim de tarde

. Consequências da minha au...

. Regresso

.arquivos

. Julho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

.tags

. todas as tags

.favorito

. Saga Joana & Zac

.mais comentados

.Mensagens

badge

.Contador de Visitas